Sem paciência ...

Nesta última semana tenho andado sem paciência, sem vontade de trilhar os caminhos da escrita ... tudo o que me sai parece forçado, em emoção, sem força ... sinto-me cansada ... cansada de tanta coisa ... do trabalho que nunca tem fim, de tanta coisa que vejo e percebo e não queria ver nem perceber a léguas, cansada de tanta hipocrisia, faz-de-conta, de mentiras ... tenho dias que estou farta da vida, das pessoas, do mundo ... não tenho paciência para falar com quer que seja ... quero estar só, no meu canto, mudar de mundo, de vida ... cada vez noto mais que sou uma mulher solitária, mas também cada vez mais me apetece menos falar e conhecer novas pessoas ... talvez esteja a ficar bicho do mato ou a ficar com mau feitio ou a piorar o que já tinha ... mas o que me interessa falar, conhecer pessoas que me mentem a toda a hora, o que me interessa ter amigos e amigas que pela minha frente sorriem e por detrás dão facadas nas costas ... perdi a paciência, o ter que aturar ... não sou obrigada a isso ... Cansei-me de tudo e de todos ... Quem me dera ter a paciência da formiga ...

Comentários

Manuel disse…
Meu Deus tanta amargura!
Sabe aquele ditado que diz:
-Os cães ladram e a caravana passa.
Seja quem é e que o fim de semana a ilumina de novo. Preciso dos seus escritos.
Ennoea disse…
Olá, Manuel!
È terrível quando temos memória de elefante e não nos esquecemos de nada ...sabe porque? Porque apanhamos os mentirosos num instante e às vezes pergunto ... se eu não pergunto nada às pessoas porque razão elas me mentem?
Enfim ... desabafos ... Um beijinho para si!

Mensagens populares deste blogue