Apenas alma ...

Imagem retirada de http://www.portugalnet.pt
Sinto-me cansada com este corpo ... arrastou-o pelos caminhos, pelas ruas ... cansada de existir, de ser ... vou-me arrastando ... pensando que talvez um dia o relógio do tempo pare, a ampulheta que teima em passar grão a grão o tempo a passar parasse ... queria ficar sossegada a descansar este corpo dormente, este corpo que trago, que viaja dia após dia para trás, para a frente ... às vezes, apetecia-me ter apenas a alma, leve, singela, brincalhona ...leve que nem uma pluma e poder sem materialidade fazer tudo o que faço ... neste momento, sinto o meu corpo cansado, demasiado cansaço ...mas a alma viva, alegre... exaltante ... era bom por vezes, talvez por um dia termos apenas a alma e deixar o corpo em casa a descansar ...

Comentários

Mensagens populares deste blogue