sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Pingos de emoção

Imagem retirada da net
De madrugada, os pingos da chuva teimavam em cair cada vez com mais intensidade ... olhei para o relógio ... era cedo, demasiado cedo ... mas teria que sair de casa ... dali há duas horas e meia estaria a entrar no emprego ... sai de casa, olhei para o céu estava escuro, olhei para o chão água para todo o lado ... na rua ninguém ... apressada ... cheia de sacos, corri para o carro, com a chuva a cair sobre o meu corpo, o meu cabelo molhado, o meu rosto ... o que me importava ... às vezes de madrugada, quando saia de casa, sentava-me ao volante, olhava para o relógio e ligava o auto-rádio pensava ... Será que esta vida assim faz sentido? Algum sentido?
Nos dias de Inverno, de chuva, ao cair dos pingos da chuva ... sinto saltar em mim um recanbolesco mar de emoções ... dias de chuva são dias tristes, melancolicos que nos fazem pensar ainda mais no sentido disto tudo ... dias em que tudo parece tão sem sentido, em que parecemos fantoches manipulados por uma qualquer companhia de teatro de robertos ...
Liguei a ignição e lá fui para mais um dia de trabalho ... longo ... demasiado longo ... voltarei a casa passadas 16horas ...

3 comentários:

homem bolo disse...

Realmente, não pensava vir a sentir tantas saudades das suas aulas como sinto agora, vejo que continua o bom trabalho com o blog e eu continuo com a minha teimosa ausencia, mas vá bom trabalho e boa sorte, com o blog e com a vida...

Ennoea disse...

Oh ...pá... vocês só me deixam com as lágrimas nos olhos ... eu também tenho muitas saudades vossas ... afinal foram dois anos e foram os únicos que fiz continuidade pedagógica nestes catorze anos de aulas ... obrigada ... vocês são uns queridos todos, tenho saudades das tuas intervenções pertinentes e como foi fabuloso ver como crescente intelectualmente nestes dois anos. Bom trabalho também para ti, este ano tem de ser mesmo! Vou visitar o teu blog e linká-lo como te disse.
Um beijinho e obrigada pelo carinho
(pronto ... fiquei sensibilizada ..)

pafi disse...

sem duvida... esses dias são dias k penso mt no k afinal se anda a passar comigo,o k ando por cá a fazer,será k mereço o k tou a passar,entre muitas mais questões...
o k sei é k ando perdida neste mundo,ñ me consigo encontrar,sinto-me dentro de uma prisão,onde ñ posso dar um passo em falso,onde ñ tenho liberdade,onde ñ sei o k se passa no mundo,onde o mundo é indiferente,onde nada faz sentido...
a unica coisa k faz sentido é da pessoa k gosto,e mesmo assim essa pessoa ñ está do meu lado,desilude-me dia para dia...sempre consegui dar volta aos meus problemas e este está a ser mesmo mt dificil...
desculpe os desabafos,mas é a unica k m pode tentar compreender!
bjux