domingo, 4 de maio de 2008

SÓ POR ISSO, MÃE

(La pasió de Miguel Angel)


"Mesmo que a noite esteja escura,

Ou por isso,

Quero acender a minha estrela.




Mesmo que o mar esteja morto,

Ou por isso,

Quero enfunar a minha vela.



Mesmo que a vida esteja nua,

Ou por isso,

Quero vestir-lhe o meu poema.



Só porque tu existes,

Vale a pena! "


Lopes Morgado, Mulher Mãe
Apesar de existirem dias em que me magoas tanto ...
e ainda dizes que me amas?
Porque me fazes isso, mãe?
Porquê...? Por amor?
... às vezes não te entendo ...
mas apesar das lágrimas que me fazes
derramar ... vale a pena existires,
és a minha mãe ...

Sem comentários: